No dia 10 de julho comemoramos o Dia da Pizza, muito embora nós, brasileiros, tenhamos o hábito de celebrar a data quase toda semana. Que ela é deliciosa em todas as suas variações, entre salgadas e doces, todo mundo já sabe, mas de onde surgiu essa belezinha? Vem que a gente te conta de onde vem a pizza e, hora que bater a larica, você ainda vai ter essa receita super fácil para fazer no liquidificador.

Mas que besteira, cabróns. Sabemos que a pizza vem da Itália…

Mamma mia! Elas podem até ter se popularizado como conhecemos por lá, mas foi a seis mil anos que a história da massa redonda com cobertura, assada em um forno começou.

De onde vem a pizza então?

Chamada de “pão de Abrahão” ou “piscea”, se tratava de uma fina camada de massa comum na alimentação dos hebreus e egípcios. Já três séculos antes de Cristo, os fenícios começaram a adicionar carne e cebola como recheio.

Durante as Cruzadas, os Turcos se encantaram pela receita, e levaram até o porto de Nápoles, na Itália, onde a preparação foi enriquecida com farinha de melhor qualidade e o tão querido queijo. Isso aconteceu por volta de 1520, quando o Brasil ainda era um bebê.

O clássico tomate, que muita gente não dispensa, só entrou na receita no século XVI, quando saiu da América e chegou por lá. Mas só foi ao término da Segunda Guerra Mundial, em 1945 que os norteamericanos popularizaram a pizza por aqui.

E porque se chama pizza?

A palavra “pizza” vem do latim piscea, que é um objeto torrado pelo fogo, mas o termo apareceu pela primeira vez em um texto latino na cidade de Gaeta em 997 AC. A publicação conta que uma determinada pessoa devia a outra pessoa “duodecim pizze” ou traduzindo, doze pizzas.

Os líderes de consumo de pizza no mundo são: Estados Unidos, Brasil, França, Itália e Austrália.

Aqui a coisa é tão séria que há até uma Associação de Pizzarias Unidas, que já divulgou que produzimos, em média, 1 milhão de pizzas por dia, sendo metade consumida somente pelo estado de São Paulo. Mas o número pode ser ainda maior em tempos de aplicativos de entrega.

Agora que já dichavamos a danada, vamos à receita da pizza no liquidificador, pra você que tá com fome e pouca paciência na quarentena:

Para fazer a massa

INGREDIENTES

1 xícara (chá) de leite

1 ovo

1 colher (chá) de sal

1 colher (chá) de açúcar

1 colher (sopa) de margarina

1 e 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo

1 colher (sobremesa) de fermento em pó

1/2 lata de molho de tomate

Sugestão de Recheio:

250 g de mussarela ralada grossa

2 tomates fatiados

azeitona picada

orégano a gosto

(mas você pode fazer com o que quiser, palmito, frango, catupiry, brócolis, etc)

MODO DE PREPARO

No liquidificador bata o leite, o ovo, o sal, o açúcar, a margarina, a farinha de trigo e o fermento em pó até que a mistura se torne homogênea.

Despeje a massa em uma assadeira para pizza untada com margarina e leve ao forno preaquecido por 20 minutos.

Retire do forno e coloque o molho de tomate.

Cubra a massa com mussarela ralada, tomate e orégano a gosto (ou seus ingredientes favoritos)

Leve novamente ao forno até derreter a mussarela.

Se quiser deixar ainda mais delicioso, adicione algum molho DECABRÓN. As sugestões são o Barbecue Porco Moiado, Sriracha Tradicional, Ketchup Caipira e até o molho de pimenta Papai Noel Morreu 2019, que voltou para nosso estoque por tempo limitado.

E aí? Seu dia vai terminar em pizza?

 

Acompanhe a DECABRÓN no InstagramFacebook ou compre online e receba em casa. 

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.