Pense em cerveja. Gostou? Agora, junte a isso uma sequência de pratos apimentados! Melhor ainda, não? Pois saiba é que possível obter combinações perfeitas harmonizando essas duas paixões mundiais.

Segundo especialistas da área gastronômica, harmonizar ingredientes funciona bem quando você junta dois ou mais elementos que já são bons separadamente e que ficam ainda melhores quando estão juntos. Este, é claro, o caso da cerveja e da pimenta.

Hoje, aqui no blog, você vai entender quais são as principais formas de harmonização de cerveja e quais as variedades da bebida funcionam melhor com pratos apimentados.

A harmonização de cerveja certa para pratos apimentados

Há muito tempo o mundo descobriu a possibilidade de misturar a cerveja com especiarias e temperos. Os belgas foram os primeiros que ousaram e incrementaram a bebida com elementos como o alecrim, noz-moscada e coentro na era moderna.

Com o sucesso, eles ousaram e passaram a colocar a própria pimenta dentro da bebida. Hoje, é possível encontrar cervejas apreciadíssimas com pimenta rosa, habanero e chipotle, por exemplo.

No entanto, cervejas consideradas “tradicionais” e sem pimenta em sua composição podem harmonizar e formar pares perfeitos com pratos que levam o tempero. Confira 6 tipos de cerveja que, apesar da origem internacional, podem ser facilmente encontradas em versões brasileiras e são consideradas por especialistas como as melhores para saborear com pratos apimentados.

India Ale Pale

Para pratos fortes, uma cerveja igualmente forte. A India Ale Pale (IAP) é talvez a cerveja mais recomendada para quem gosta de acentuar as propriedades da pimenta. Com quantidade significativa de lúpulo, esta cerveja também tem alta concentração de álcool, o que a torna muito concentrada.

Tudo isso provoca contrastes muito interessantes com sabores apimentados. Muito amarga e bastante aromática, ela surgiu na Inglaterra, mas já tem as suas representantes no mercado brasileiro. Pratos indianos e orientais, com bastante pimenta, harmonizam bem com essa cerveja.

American Ale Pale

A American Pale Ale também carrega muito lúpulo em sua composição e nível de álcool em torno de 5%. É um dos estilos mais apreciados por quem gosta de cervejas artesanais e, também, um dos mais feitos por quem gosta de produzir cerveja em casa. É um pouco mais fraca que a IAP e, por isso, provoca uma outra sensação no paladar.

Rauchbier

Esta cerveja é feita com malte defumado, o que dá a ela um sabor bem característico e que se assemelha com carne assada. Além das pimentas, as rauchbiers harmonizam muito bem com charutos!

Doppelbock

Com aroma intenso de malte e, em alguns casos, com sabor frutado ou de chocolate, experimentar uma doppelbock com pratos apimentados é uma experiência muito interessante. Pratos que levam carne de porco, pato, cogumelos e pimenta caem muito bem com esse tipo de cerveja.

Dry stout

Esta cerveja escura tem um sabor que quase se assemelha ao café! Bem forte, ela é muito boa para se experimentar com pratos mexicanos, como carne com chili e tortillas, e até mesmo uma feijoada com bastante pimenta!

Irish Red Ale

De cor avermelhada, esta cerveja irlandesa não tem o gosto amargo do lúpulo como as anteriores e o sabor sentido na boca depois de beber pode lembrar o de caramelo. Ela harmoniza muito bem com burritos, carpaccios temperados, pimentões recheados e até com alguns sabores de pizza mais fortes.

Se você está embarcando agora no universo das pimentas ou prefere ir devagar, pode escolher uma cerveja que reduza a sensação de ardência. Neste caso, segundo os maiores mestres cervejeiros do mundo, as cervejas mais maltadas e doces vão reduzir a sensação de picância, sem tirar as características principais dos pratos apimentados.

Tem alguma dica de combinação entre cerveja e pimenta ou algum prato que você já experimentou e combinou muito bem? Deixe seu comentário e suas dicas de harmonização de cerveja e conte a sua experiência para todos os leitores!


Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.