Se eles foram criados somente para ser um meio de transporte, hoje, além de um hobbie e símbolo de status, os carros se tornaram uma grande paixão pelo mundo. Duvido que exista alguma pessoa que não olhe quando um carro desses passa por aí…se é que reles humanos podem vê-los com tanta facilidade.

Com designs cada vez mais tecnológicos e agradáveis aos olhos, as grandes máquinas do automobilismo mais parecem obras de arte munidas de motores de alta potência.

Infelizmente ter um brinquedo desses não é para qualquer um, pois além de custar alguns milhões, ainda é preciso desembolsar uma boa grana com manutenção, impostos e seguro.

Mas olhar não arranca pedaço, não é mesmo?

Vem com a gente e confira os 7 carros mais fuedas já criados no mundo (entre os mais modernos e antigos):

  1. Ferrari 458 Italia

    (Foto: Reprodução OLX)

Apresentada ao público em 2009, a sucessora da Ferrari F430 foi lançada ao preço de 240 mil dólares, e hoje modelos de mais de oito anos são vendidos por mais de um milhão no Brasil.

É equipada com um motor V8 de 4499 cilindradas, aspirado, de cárter seco, posicionado no meio da carroçaria em V (com ângulo de 90º entre os pistões). O objetivo do carro é alcançar uma alta potência ao mesmo tempo em que economiza combustível.

Uma das mais importantes novidades nesse modelo foi a introdução de uma caixa de 7 marchas com embreagem dupla, baseado na gestão independente de todas as marchas pares e ímpares que são pré-selecionadas em dois eixos separados, assim as próximas marchas já ficam prontas para serem engatadas. A velocidade máxima é de 325km/h.

  1. Bugatti La Voiture Noire

(Foto: Divulgação)

O carro mais caro do mundo, avaliado em 11 milhões de euros é inspirado no modelo Type 57 SC Atlantic, o mais badalado da marca.

O Carro Preto, que é a tradução de seu nome teve apenas uma unidade produzida e é equipado com motor W16 8.0, do Bugatti Divo, que rende 1.500 cv e 163,3 kgfm de torque.

Segundo sites de notícias, o comprador desse modelo único Ferdinand Piëch, ex-CEO, ex-chefe do conselho do Grupo Volkswagen e neto do fundador da marca Ferdinand Porsche.

Talvez não por acaso, Piëch foi o responsável por trazer a Bugatti para o Grupo Volkswagen quando comandava o Conselho.

  1. Lamborghini Aventador SVJ

(Foto: Divulgação)

Com apenas 900 unidades produzidas – e todas vendidas – o Brasil recebeu cinco delas e uma foi vendida em menos de uma hora em plena pandemia.

No caso do Aventador, o motor é um V12 de 6,5 litros que entrega 770 cv e torque máximo de 73,4 kgfm. São necessários 2,8 segundos para ir de 0 a 100 km/h e a velocidade máxima passa dos 350 km/h.

Todo feito de fibra de carbono e materiais leves, o carro impressiona perto dos outros esportivos, mas para quem testou, dá pra sentir todas imperfeições do asfalto, sendo desconfortável pra rua. Este foi feito pra acelerar!

  1. Austin-Healey 3000

(Foto: Divulgação)

Este esportivo é o sonho dos amantes de carros antigos. Produzido entre os anos de 1959 e 1967 pela British Motor Corporation, ele é o mais conhecido dos modelos “grandes healey”.

Mais de 90% de sua produção foi exportada para a América do Norte nos modelos Roadster de 2 portas 2 ou 2 + 2 lugares, depois se tornando conversível.

Ele esbanja charme e é raríssimo.

5.    Aston Martin DB5

(Foto: Divulgação)

Este modelo ficou mundialmente conhecido após ter sido guiado por James Bond em dois filmes da franquia 007 na década de 60.

Na época, foram criados dois modelos equipados com a tecnologia desenvolvida para os filmes, como escudo antibalas, telefone, radar, pulverizador de óleo e lançador de véu de fumaça. A adaptação rendeu um Oscar de efeitos especiais.

A potencia é de 282 cv e sua velocidade máxima atingida é de 233 km/h .

Meio século depois, ele ganha a série limitada DB5 Goldfinger Continuation, que terá produção de 25 unidades que vão sair da linha de montagem ao preço de 2,75 milhões de euros.

Todas as unidades são pintadas na tonalidade prateada Silver Birch, como no modelo original, e o interior vem à la 007, com bandeja para armas escondida sob o banco, telefone na porta do motorista e tela de radar.

6.   Rolls Royce Ghost

(Foto: Divulgação)

Esse carro é tão fueda que só é vendido por encomenda. Quem quiser garantir um, precisa desembolsar R$ 2,9 milhões para ter acesso a sua tecnologia única. O Rolls Royce Ghost possui tela sensível ao toque, conexão wi-fi e 18 alto-falantes com ajuste automático que permitem qualidade de som únicas.

Na nova versão, a posição da clássica estátua da “Dama Voadora” (conhecida em inglês como “Spirit of Ecstasy”) foi elevada em aproximadamente 1,2 cm  e a grade frontal também ficou mais alta.

Segundo a montadora, os farois podem alcançar até 600 metros a frente, e, no interior o céu simula um céu estrelado, além de apliques de madeira nos bancos e até posicionamento no banco “para dormir”.

Com velocidade máxima de 250 km/h, ele pode alcançar 100km/h em apenas 4,9 segundos.

7.    Alfa Romeo 8C Competizione

(Foto: Reprodução)

Esta é uma versão moderna e atualizada do Alfa Romeo 8C, modelo de sucesso na década de 1930, desenhado por Vittorio Jano. Uma curiosidade da versão original é que ela foi utilizada na primeira corrida de carros Grand Prix, no ano de 1932 e possui grande histórico de vitória nas pistas.

O projeto ficou alguns anos na geladeira até ser lançado em versão limitada: 500 unidades para a versão conversível, chamada de Spyder e 500 da Competizione.

Com peças e motor montados pela Ferrari e Maserati, este modelo atinge até 293 km/h e conta com carroceria feita de fibra de carbono. O modelo alcança 100 km/h em 4,2 segundos. O esportivo contém dois lugares e possui transmissão de 6 marchas sequencial. Já o nome 8C deriva do motor de 8 cilindros em linha.

O 8C ainda pôde ser configurado de fábrica segundo o tamanho do motorista e suas preferências de posição de dirigir.

Deu vontade de meter o pé na marcha, cabróns?

Conta pra gente qual é seu preferido ou qual ficou faltando nessa lista.

Acompanhe a DECABRÓN no InstagramFacebook ou compre online e receba em casa. 

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.