Autor

DECABRÓN CHILLIS

Browsing

Se você ama alimentos picantes e comidas afrodisíacas, sabe que não tem tempo ruim: independente da estação, sempre é bom aguçar o paladar e os sentidos.

O clima tropical brasileiro com calor durante o dia e o frescor noturno representa a combinação ideal para preparar comidas afrodisíacas para apimentar a noite com seu par.

Dizem as boas línguas que elas levantam até defunto, será? E por falar em língua, se prepare!

 

A origem das comidas afrodisíacas

Mas você sabe por que alguns ingredientes têm poder estimulante? Primeiramente, é necessário entender que afrodisíaco vem da sensual Afrodite, proclamada pelos gregos como a deusa do amor e da beleza.

Há milênios, amendoim, catuaba, chocolate e a ilustre pimenta são popularmente conhecidos por conter substâncias que despertam o desejo sexual.

O fato é que alguns são importantes para repor vitaminas e sais minerais ao corpo e, muitas vezes, a queda da libido pode estar relacionada à deficiência desses componentes.

Embora não haja uma comprovação científica, as reações fisiológicas causadas por eles se assimilam às do ato sexual ou excitação, como o aumento da frequência cardíaca, e também da produção de suor.

 

Cardápio atraente

Os frutos do mar também são campeões afrodisíacos devido ao alto teor de zinco, como no caso da ostra, que aumenta a produção de testosterona.

A vantagem de utilizá-los na culinária com o objetivo de provocar sensações no parceiro é a leveza dessas comidas, já que feijoada e noite romântica não combinam, certo?

Por isso, descubra algumas receitas fáceis de cozinhar para aquecer sua relação:

 

1. Salmão picante

 

Ingredientes

  • 2 filés de salmão;
  • 1 copo de vinho tinto;
  • suco de um limão;
  • 1 col. de café de maisena;
  • 1 col. de sopa de cebolinha picada;
  • manteiga;
  • sal e pimenta do reino.

Preparo

Tempere os filés com sal e coloque em uma assadeira untada e regue com um pouco de manteiga. Leve ao forno quente por 10 minutos. Enquanto isso coloque em uma panela o vinho, o suco de limão e a cebolinha, e ferva por poucos minutos. Depois junte a maisena e a pimenta. Retire o peixe do forno e sirva com o molho. Se quiser dar um toque extra, o molho Samba do Crioulo Doido cai como uma luva.

 

2. Camarões picantes

Na cultura caribenha, a prática de comer camarão antes do sexo pode dobrar o prazer. Esse crustáceo fornece iodo ao corpo, essencial para a glândula tireoide. Além disso, ele possui ômega-3 e aminoácidos que melhoram a circulação e elevam os níveis de neurotransmissores no cérebro, otimizando os impulsos sexuais.

 

Ingredientes

  • 12 gambas de camarão;
  • 200g de manteiga;
  • 3 dentes de alho esmagados;
  • 3 pimentas malaguetas;
  • 1 col. sopa de sumo de limão;
  • sal e pimenta a gosto.

Preparo

Corte as gambas ao meio, no sentido do comprimento, sem separar as metades. Tempere-as com sal e pimenta e leve ao fogo para dourar com a manteiga, o alho e as malaguetas. Quando estiverem douradas, retire do fogo e regue com o sumo de limão. Sirva o camarão com arroz e o molho.

 

3. Filé mignon com morangos

Para quem prefere carne vermelha, aqui vai uma receita da cor da sedução.

Ingredientes

  • 1 filé mignon temperado com sal;
  • 25 gr de açúcar;
  • 70 gr de morangos;
  • 2 col. de pimenta preta;
  • suco de 1 limão;
  • 300 gr de caldo de carne;
  • 50 gr de manteiga sem sal;
  • 1 col. de azeite.

Preparo

Cozinhe os morangos no açúcar e metade do suco de limão por 10 minutos. Coe a mistura e deixe esfriar. Em uma panela quente toste as pimentas por alguns minutos e despeje o caldo de carne com a manteiga até ferver. Abaixe o fogo e adicione o caldo de morangos e limão. Grelhe o filé e sirva-o cortado em tiras com o molho por cima.

Fala sério: é para lamber a colher y otras cositas más, não é mesmo? Aposto que você já sentiu um calorzinho.

Como a pimenta age no fluxo sanguíneo, aquecendo o corpo e dando maior sensação de energia, considere esse ingrediente infalível, termogênico e saudável não só para jantares românticos, mas também para consumo diário.

E por falar nela, após conferir receitas ardentes de comidas afrodisíacas para esquentar o clima do casal, aprenda mais sobre esse alimento no artigo picante: Arriba muchacho: saiba como usar a pimenta como afrodisíaco.

Agora se você está empolgado com esse lance de afrodisíaco, se liga nesse post sobre como você pode apimentar sua relação.

Nem só com carne funciona a relação da pimenta e dos molhos chipotles. Com mais de 15 milhões de veganos no Brasil, a mudança de hábitos cresce a cada dia, e, claro que esse público não pode ficar só na vontade quando o assunto é picância. Atualmente, a DECABRÓN tem em seu portfólio vários molhos veganos e todos tem ótima aplicação em uma incrível variedade de pratos. Por isso, separamos três receitas para que os veganos não fiquem de fora desta! Ah, e se você for um deles e comer nossos molhos com algum prato deste tipo, marca a gente, para acrescentar a nossa timeline que sempre traz churrascos e sanduíches carnívoros. Vamos às receitas:

 

SOBÁ COM LEGUMES E SAMBA DO CRIOLO DOIDO

INGREDIENTES

1/2 pacote de macarrão sobá
1/2 xícara de cogumelos shiitake desidratados em fatias
4 folhas de repolho ou acelga picadas em quadradinhos
2 cenouras médias cortadas em filetes
1 abobrinha em cubinhos
1 alho poró
1 colher de sobremesa de gengibre ralado
2 colheres de sopa de molho shoyu
1 colher de sobremesa de páprica doce
1 colher de sopa de vinagre branco
sal e cebolinha à gosto
Uma colher de Samba do Criolo Doido DECABRÓN

 

MODO DE PREPARO

Cozinhe as cenouras e a abobrinha no vapor e reserve. Cubra os shiitakes com água quente para que hidratem, por cerca de 10 minutos. Cozinhe o macarrão em água e um filete de azeite; escorra e lave com água fria. Reserve.

Pique o talo do alho poró e refogue em um pouco de azeite; adicione os shiitakes junto com a água do molho, o repolho,  as folhas de alho poró picadas e o gengibre ralado; deixe refogar levemente. Acrescente em seguida uma xícara de água, os demais legumes e temperos, e deixe cozinhar em fogo baixo por mais 5 minutos. Adicione o macarrão e misture. Ao final, adicione uma colher de Samba do Criolo Doido e sirva.

 

LEGUMES GRELHADOS COM PORCO MOIADO

Você pode usar os legumes que mais gostar, mas aqui vai uma sugestão:

INGREDIENTES

• Abobrinha italiana
• Berinjela
• Pimentões
• Tomates
• Cebolas
• Azeite, alho, sal e orégano a gosto para temperar
• Porco Moiado DECABRÓN

 

MODO DE PREPARO

Fatie seus legumes escolhidos no formato que você mais gostar, contanto que não fiquem muito grossos ou finos, permitindo que fique no cozido no ponto.

Use uma superfície aquecida para grelhar. Pode ser uma frigideira, uma chapa, uma grelha de churrasco, uma forma em um fogão a lenha, enfim, você pode usar o que preferir. Apenas lembre-se de untar esta superfície com azeite de boa qualidade para que o legume não grude e não se desfaça quando você for virar ou retirar do calor.

Assim que o legume estiver “dourado” de um lado, vire e repita o tempo do outro lado. Tire do calor e coloque numa tigela para temperar. Use os temperos de sua preferencia, como azeite, sal, alho triturado e orégano. Por fim, finalize com o Porco Moiado, com uma porção generosa no prato.

 

CHILI VEGANO COM CHIPOTLE TRADICIONAL PROFISSA

INGREDIENTES

1 colher de sopa de óleo de canola
3 cebolas médias picadas
1 cenoura picada
1 colher de sopa de pimenta jalapeño picada em fatias finas
2 dentes de alho picados em fatias finas
1 ou 2 colheres de sopa de pimentão em pó (páprica picante)
1 colher de chá de cominho em pó
6 a 8 tomates inteiros, picados, com sucos
1 colher de chá de açúcar mascavo
1/4 colher de chá de sal
3 xícaras de feijão vermelho cozido
1/4 xícara de coentro fresco picado para enfeitar
1/3 xícara cebolinha picada para decorar
1 CHIPOTLE TRADICIONAL PROFISSA DECABRÓN

 

MODO DE PREPARO

Aqueça o óleo no forno em fogo médio em um refratário. Adicione as cebolas, a cenoura, jalapeño, alho, pimenta em pó a gosto e cominho. Cozinhe, mexendo sempre, até que a cebola e cenoura fiquem suadas (5 a 7 minutos).

Adicione os tomates com seus sucos, açúcar mascavo e sal e cozinhe por mais 5 minutos em fogo alto. Reduza o fogo e adicione os feijões cozidos misturando levemente. Cozinhe até que o chilli tenha engrossado, cerca de 15 minutos.

Decore com cebolinha e coentro, se desejar. Por fim, é só acrescentar uma porção de Chipotle Tradicional Profissa.

 

TOFU EMPANADO, MORANGOS E SWEETCHILLI GOIABADA

INGREDIENTES

300g de tofu e 1 caixa de morangos
½ xícara (chá) de amido de milho
½ xícara (chá) de farinha de trigo
Sal a gosto
Alho em pó a gosto (opcional)
Óleo para fritar
Molho Sweetchilli Goiabada DECABRON

 

MODO DE PREPARO

Corte o tofu em cubos pequenos e faça uma marinada (de acordo com a sua preferência).
Deixe-o marinar de um dia para o outro. Aproveite o líquido da marinada para empanar os cubos de tofu.

Caso você não tenha tempo de fazer a marinada, tempere muito bem o tofu de acordo com o seu gosto. E siga a receita a partir do próximo passo:

Misture a farinha de trigo, amido de milho, sal e alho em pó. Passe os cubos de tofu nessa mistura.
Esquente bem o óleo em uma frigideira antiaderente e coloque os cubos de tofu.
Frite-os até que fiquem dourados de todos os lados.
Deixe secar em papel absorvente e acrescente o SweetChilli Goiabada a seu gosto. Aí é só servir com os morangos cortados.

E você, tem alguma receita legal que curte comer com nossos molhos? Conta pra gente! Se quiser algo para beber, saiba como harmonizar sua receita com um bom vinho.

Há mais de vinte espécies de pimentas no gênero Capsicum, mas apenas cinco são normalmente cultivadas. Os frutos de sabor picante são muito apreciados na culinária de várias regiões do mundo, mas nem todos os cultivares produzem as substâncias que geram a sensação de ardência ou as produzem em quantidade suficiente para deixar o fruto picante. Os cultivares cujos frutos não são picantes, são conhecidos como pimentas doces, que apesar do nome, não tem um sabor adocicado, apenas não possuem sabor picante. Os pimentões ou pimentos são pimentas doces de uma das espécies de pimenta. A pimenta também é muito usada para fins medicinais e há muitos cultivares de pimenta que são cultivados como plantas ornamentais.

 A capsaicina e algumas outras substâncias relacionadas denominadas capsaicinoides são as responsáveis pela ardência destas pimentas. Estas substâncias, que estão presentes apenas nos frutos e não estão presentes nas sementes, ativam sensores nervosos sensíveis ao calor e a abrasão, daí surgindo a sensação de ardência, sem provocar qualquer real queimadura no corpo. Em quantidades moderadas, sua ingestão pode levar a uma sensação de bem-estar, graças às endorfinas produzidas pelo sistema nervoso central como resposta ao estímulo gerado pela presença destas substâncias. Mas a pimenta também pode facilmente produzir sensações muito desagradáveis, tanto quando ingeridas quanto quando manuseadas. Beber leite é uma maneira efetiva de aliviar a ardência exagerada no sistema digestório. Ingeridas em quantidades exageradas, podem provocar problemas de saúde, como náuseas, dor abdominal e diarreia.

Um dos fatores que determina a ardência é a concentração de capsaicina e outros capsaicinoides no fruto. Cada uma destas substâncias provoca um efeito e uma sensação de ardência ligeiramente diferentes. Assim os cultivares de pimenta podem ser mais ou menos picantes, e mesmo pimentas diferentes que estão na mesma escala de ardência podem produzir sensações diferentes, dependendo de quais destes alcaloides estão presentes e de suas respectivas concentrações.

Quer plantar diferentes tipos de pimenta na sua casa? Confira já as dicas do Plantei, site especializado em agricultura doméstica:

Clima ideal

         A faixa de temperaturas que vai de 16°C a 34°C é adequada para a maioria das espécies e cultivares. A maioria das pimenteiras são plantas tropicais ou subtropicais e crescem melhor em clima quente, mas as pimenteiras da espécie Capsicum pubescens e alguns cultivares de outras espécies que são adaptadas a regiões de clima mais ameno, crescem melhor com temperaturas abaixo de 26 °C. Nenhuma destas pimenteiras pode suportar baixas temperaturas e geadas.

      Outro fator importante é a umidade relativa do ar. Algumas pimentas, como a Habanero e a Scotch bonnet preferem um clima úmido. Outras como a Jalapeño e a pimenta-de-caiena preferem um clima mais seco.

Luminosidade

      A pimenteira cresce melhor em condições de alta luminosidade, com sol direto.

Em relação ao solo

      O ideal é que o solo seja leve, bem drenado, fértil e rico em matéria orgânica. Quanto ao pH do solo, as pimenteiras geralmente toleram um pH entre 5 e 8. O ideal é um pH entre 6 e 7,5 para Capsicum annuum e um pH entre 5 e 6 para Capsicum chinense.

 

Quanto a irrigação

      A pimenteira deve ser irrigada com frequência para manter o solo úmido, mas nunca deve permanecer encharcado.

 

Plantio

      As sementes de pimenta podem ser semeadas diretamente no local definitivo, mas o mais comum é semear em sementeiras, copos ou saquinhos de plástico ou papel. As sementes devem ficar a aproximadamente 0,5 cm de profundidade no solo. As sementes também podem ser colocadas sobre papel mata-borrão ou outro papel absorvente, mantido sempre umedecido e em local aquecido, até a germinação, quando são então transferidas com cuidado para o solo e cobertas com uma leve camada de terra peneirada.

      No solo as sementes germinam geralmente em 1 ou 2 semanas, mas as sementes de alguns cultivares podem apresentar dormência e podem levar um longo tempo para germinar. O transplante para o local definitivo é feito quando as mudas atingem de 8 a 10 cm de altura.

      O espaçamento recomendado varia com o porte da pimenteira e com as condições de cultivo. Geralmente o espaçamento adequado se encontra entre 20 cm e 60 cm entre as plantas, com linhas de cultivo espaçadas de 60 cm a 120 cm.

       A pimenta pode ser cultivada facilmente em vasos, mas estes devem ter um tamanho apropriado ao porte da pimenteira que será cultivada. Se quiser utilizar vasinhos personalizados, a Plantei lançou modelos exclusivos para plantar pimentas, com sistema de autoirrigação, confira aqui.

 

Tratos Culturais

      É importante lembrar de sempre retirar as ervas invasoras que estiverem concorrendo por recursos e nutrientes.

      Alguns cultivares precisam de tutoramento para as plantas não tombarem. Neste caso, amarre as plantas a estacas de madeira, mas sem restringir o crescimento dos caules.

      É muito importante usar luvas na colheita ou manuseio dos frutos de cultivares picantes. Se as pimentas forem manuseadas sem luvas, não toque nos olhos, nariz, boca ou outras partes do corpo sem antes limpar muito bem as mãos. Água não é eficiente para retirar a capsaicina da pele, pois esta substância não é solúvel em água. Contudo, é solúvel em álcool e em óleo.

 

Chegamos então a colheita

     A colheita das pimentas inicia-se geralmente de 80 a 150 dias após a semeadura, dependendo do cultivar e das condições de cultivo.

       A pimenteira é uma planta cultivada geralmente como anual, mas é uma perene de vida curta e em condições adequadas pode produzir bem por alguns anos.

E você, gosta de pimentas? Pronto para cultivar estas saborosas delícias? Aprenda a utilizar em suas receitas.

Desde o velho oeste é assim: basta usar botas uma vez para querer sempre. Confortáveis, práticas e estilosas, deixam qualquer visual mais elaborado e com um ar mais viril. Porém a diversidade de modelos e a possibilidade de errar na escolha podem deixar você em dúvida sobre quais botas para homem usar.

Por isso, reunimos algumas dicas infalíveis para você usar suas botas com as peças do seu guarda-roupa sem erro, e o melhor: com combinações distintas que realcem o seu bom gosto. Confira!

Jeans com botas para homem

Jeans com bota é infalível. Você consegue montar várias combinações com essas duas peças, indo do casual ao despojado sem muita dificuldade. O mais interessante aqui é que você pode variar entre a camisa e a calça jeans. Mas se você optar por esta última, saiba que um truque legal é dobrar a barra da calça o máximo possível para deixar a bota totalmente à vista.

Coturnos e desert boots são opções fáceis para harmonizar com o jeans. Uma dica infalível é apostar nos tons terrosos e escuros que são, definitivamente, as melhores opções se você prefere cores mais discretas na hora de compor o visual.

A clássica jaqueta de couro

O guarda-roupa masculino costuma ser um pouco mais limitado que o feminino, porém há uma peça que é universal para todos os homens devido à sua versatilidade: a jaqueta de couro. E sabe o melhor? Você pode juntá-la com a nossa dica anterior: calça jeans, uma camiseta branca e pronto: você terá um visual másculo e estiloso.

Mas as opções vão além. Você pode usar também com camisetas estampadas, xadrez e até com camisas sociais. As sobreposições, com suéter, também estão liberadas para os dias mais frios. Um modelo que vai bem com jaqueta é a bota de cano baixo, que não chama tanta atenção para os pés e traz um modo bastante fácil de combinar.

Xadrez e botas Timberland

Você com certeza já viu alguém usando uma bota Timberland na rua e não foi à toa. Afinal, esse modelo ficou em evidência depois que muitos rappers, como Jay-Z e Kanye West, apareceram na mídia com elas. E por terem um ar meio rústico e bastante masculino, elas se tornaram peça-chave em um estilo que conquistou muitos adeptos, atiçando a imaginação feminina: a tendência lumber, que tem referências na imagem do lenhador.

E como realçar ainda mais esse visual? Com o bom e velho xadrez! As camisas de tons mais fechados são as preferidas na hora de evidenciar esse estilo. Você pode abotoar até o colarinho e usar com mangas dobradas sem problemas.

Visual esporte fino

Essa talvez seja a maior dúvida do homem moderno: como inserir a bota no visual do trabalho ou naquele encontro de negócios? A resposta é mais simples do que você imagina: chelsea boots.

Esse modelo, que começou sendo usado para a montaria no século XIX, é atualmente feito para um estilo mais formal e clássico, especialmente o esporte fino. Isso se dá justamente pelo seu design mais alinhado e uniforme, que harmoniza com facilidade com vários cortes de terno e calças sociais.

Seja no ambiente corporativo, agências ou reuniões com clientes, essas botas sempre vão bem com camisas sociais, inclusive as estampadas, e até com terno e gravata, mantendo um visual slim fit impecável.

Elas nem precisam estar em um filme do Tarantino para fazer sucesso. Afinal, as botas para homem são um investimento necessário para qualquer guarda-roupa masculino que se preze, sendo capaz de mudar o visual e renovar o estilo casual e urbano.

Agora que você já sabe a importância de um belo par de botas, conta pra gente nos comentários: qual modelo você já tem e qual não vê a hora de comprar?

Essa receita vai para aquele cara que curte ser o churrasqueiro da galera. Aquele cabrón que adora salvar a pátria quando a fome bate forte naquelas noites regadas à cerveja artesanal, conquistando a galera pelo estômago. Sim, aquele mesmo: o masterchef do velho oeste acidentalmente nascido em terras tupiniquins.

Opa! Estamos falando de você? Então, saca só esse lombo com pimenta que vamos te ensinar. Mas antes disso, se você é cabrón de verdade, um entusiasmado chilli lover, você não vai querer usar qualquer geleia de pimenta basicona, vai?

Faça como a Bela Gil do faroeste e substitua-a pela SweetChilli Tradicional, clássica pimenta doce e suave da culinária asiática, ou o orgásmico e exclusivo SweetChilli Goiabada, ambos fabricados no velho oeste lá de Santa Cruz do Rio Pardo.

Mas, enfim, chega de enrolação. Vamos aos passos da nossa receita?

Reunindo os ingredientes

Preparando essa receita maravilhosa

Retire a gordura do lombo. Em uma forma, tempero-o com sal, pimenta, alho e ervas finas — tudo ao gosto do freguês. Espalhe essa pasta de tempero no lombo, certificando-se que ele está sendo muito bem acarinhado com todas as iguarias!

Após os temperos, coloque bastante azeite, cubra-o com papel alumínio e leve-o ao forno por 40 minutos. Após esse tempo, abra o lombo e coloque a cereja do bolo, ou melhor, a pimenta SweetChilli Tradicional, espalhando com um pincel ou com uma colher.

Volte o lombo por mais 15 minutos ao forno. Será o tempo dele dourar e o caldo ficar no ponto. Depois de dourar, retire-o do forno, fatie-o e regue com o caldo mágico produzido.

Voilá!

Mas você pensa que é só? Não! Se você, cabrón, não tiver ainda sua SweetChilli Tradicional, tudo bem, seu lombo não ficará desamparado, ou melhor, destemperado.

Materializando uma geleia de pimenta jogo rápido

  • 4 pimentas dedo-de-moça — lembre-se que a semente pode dar um boost decisivo;
  • 1 maçã ralada na parte grossa do ralador — tire a casca, ok?
  • 1 xícara de açúcar;
  • 2 dentes de alho;
  • Sal a gosto;
  • ¾ de um copo de requeijão de suco de laranja — são 200 ml.

Como preparar?

Leve ao fogo todos os ingredientes por aproximadamente 20 minutos. Lembre-se de não mexê-los na panela. Após esse tempo, retire os dentes de alho e aguarde a alquimia! Ela é finalizada após ficar fria.

Molezinha, não é?

Outras sugestões para poder apreciar a geleia de pimenta mais incrível do velho oeste de Santa Cruz do Rio Pardo, nossa adorada SweetChilli, é usá-la como entrada, cozinhando alguns vegetais em forma de palitos, ou até mesmo aqueles palitinhos típicos de couvert de restaurante, saca?

Tá bem! O lombo não foi encontrado e acabou rolando mesmo foi um churrasco? Experimente colocar a geleia de pimenta como acompanhamento de alguma carne suculenta. Tenho certeza que vai ser uma combinação explosiva!

Se quiser ousar mais um pouco, na hora da sobremesa ofereça brownie, sorvete de creme e uma pitadinha da geleia. A combinação de salgado com doce pode surpreender demais a turma.

Mas pode ficar sossegado, essa pimenta não é a pimenta mais hardcore do mundo, não! A mais punk não ficaria tão bacana nesse lombo como ficaria com geleia de pimenta, pode ter certeza! Mas, caso tenha ficado curioso, se liga na tal da pimenta mais ardida do mundo, aquela que nos olhos do outro parece refresco!

A Marvel Studios tem vivido anos de ouro com o tremendo sucesso que tem feito com a adaptação dos seus quadrinhos para o cinema. Desde que lançou o primeiro filme desse novo universo no cinema, o Homem de Ferro em 2008, tem arrecadado todos os anos quantias de dinheiro inimagináveis, ultrapassando a marca de bilhões.

Ao trazer as histórias dos super-heróis para o cinema, a Marvel dividiu as tramas dos personagens em etapas. Na primeira fase, foram lançados os filmes Homem de Ferro (2008), O Incrível Hulk (2008), Homem de Ferro 2 (2010), Thor (2011), Capitão América: O Primeiro Vingador (2011), e após apresentar os principais personagens, eles se uniram para o primeiro Vingadores (2012).

Já na segunda etapa, tivemos o Homem de Ferro 3 (2013), Thor: O Mundo Sombrio (2013), Capitão América: O Soldado Invernal (2014), Guardiões da Galáxia (2014) — aposta do estúdio que, apesar de diferente do que estava sendo apresentado até então, foi um enorme sucesso —, Homem-Formiga (2015) e mais um encontro dos Vingadores, agora na Era de Ultron (2015).

A última fase anunciada ainda não terminou e já tem filme marcado para ser lançado até 2019. Nela, já conferimos Capitão América: Guerra Civil (2016), Doutor Estranho (2016) e Guardiões da Galáxia 2 (2017), agora, aguardamos Homem-Aranha (26 de julho de 2017), Thor: Ragnarok (2 de novembro de 2017), Pantera Negra (2018), Vingadores: Guerra Infinita – Parte 1 (2018), Homem-Formiga e Vespa (2018), Capitão Marvel (2019) e Vingadores: Guerra Infinita – Parte 2 (2019).

Quer entender melhor esse universo? No post de hoje, listamos os 8 melhores filmes da Marvel lançados nos últimos anos. Confira:

1 – Homem de Ferro (2008)

No primeiro filme sobre o milionário, gênio da tecnologia e bad boy Tony Stark, conhecemos o magnata que após sofrer um atentado e conseguir escapar com a armadura que criou, passou a defender o mundo contra o mal.

Apesar de ter algumas atitudes questionáveis, este super-herói improvável ganhou o público, tanto pelo magnetismo do ator que o interpreta, Robert Downey Jr., quanto pelo carisma do próprio personagem.

2 – Thor (2011)

O que acontece quando um guerreiro nórdico é obrigado a abandonar o seu lar e passa a viver entre meros mortais? É o que acontece no primeiro filme do Thor. Antes de se tornar um super-herói, ele precisou aprender a lidar com a própria arrogância e insolência, além de ter que enfrentar um inimigo que estava mais próximo do que ele imaginava.

3 – Os Vingadores (2012)

O primeiro Vingadores é considerado um dos melhores filmes da Marvel de todos os tempos. Após uma série de eventos passar a ameaçar a vida na terra e a chance de uma catástrofe acontecer aumentar, o diretor da agência S.H.I.E.L.D sente a necessidade de juntar os maiores defensores que existem: e assim se unem pela primeira vez os Vingadores.

Além do Capitão América, Homem de Ferro e Thor, que já tiveram filmes próprios, somos apresentados também ao Hulk, Viúva Negra e Capitão Arqueiro.

4 – Capitão América: Guerra Civil (2016)

Este é o terceiro e mais recente filme do Capitão América. Nele, os Vingadores estão tendo que lidar com a repercussão do último embate que lutaram — o ideal é que você veja o filme Os Vingadores: Era de Ultron antes deste.

Além disso, após o governo tentar regulamentar a ação deles, é preciso tomar uma decisão sobre isso: ser a favor e se juntar ao Homem de Ferro, ou ser contra e brigar contra essa norma ao lado do Capitão América.

5 – Guardiões das Galáxias (2014)

Após perder a mãe, o jovem Peter Quill é abduzido e levado embora da Terra. Após uma longa e bem-sucedida carreira como saqueador, ele recebeu o nome de Senhor das Estrelas. Porém, em um dos seus roubos, ele despertou a fúria de um dos vilões do filme e, desde então, ele é procurado em todos os lugares.

Neste filme, para salvar a galáxia e o objeto roubado por Quill, um grupo nada tradicional se une ao Senhor das Galáxias: um guaxinim (Rocket Racoon), uma árvore meio humana (Groot), a misteriosa Gamora e o perigoso Drax.

6 – Homem-Formiga (2015)

O que dizer de um super-herói que precisa elaborar um roubo infalível para ser capaz de salvar o mundo? Leve e divertido na medida, o filme nos mostra os dilemas pessoais vividos por Scott Lang, o Homem-Formiga.

Por meio de uma armadura, ele consegue diminuir e aumentar de tamanho, de modo a ficar mais forte e enfrentar os inimigos. Mas será que ele se sente merecedor do cargo de super-herói?

7 – Doutor Estranho (2016)

Finalmente a Marvel invadiu o seu universo místico com o filme do Dr. Estranho. No longa, conhecemos o Doutor Stephen Strange, um médico sem igual, capaz de salvar inúmeras pessoas, mas, que ao mesmo tempo, era esnobe e pedante com todos que conviviam com ele.

Sua vida começa a mudar, porém, quando ele sofre um grave acidente e suas mãos ficam gravemente prejudicadas, fazendo com que ele não consiga mais operar. Ele gastou rios de dinheiro com experimentos inúteis e que só conseguiram frustrá-lo ainda mais.

Stephen, então, parte atrás da sua última esperança, alguém com poderes misteriosos e que seriam capaz de curá-lo.

8 – Deadpool (2016)

Este não é um filme da Marvel Studios, mas por ser de um dos quadrinhos Marvel, merece uma menção honrosa.

Você, como bom cabrón, precisa ver Deadpool, porque a picância dele é garantida. Ele é diferente de todos os filmes que citamos até agora, com um humor ácido e sagaz, ou seja, do jeito que você gosta.

O longa conta a história de um ex-militar que, após alguns problemas, se torna um mercenário. Ao descobrir que está com câncer terminal, decide passar por uma experiência científica que transforma completamente sua vida.

Em busca de vingança, este anti-herói não vai se cansar até encontrar o homem que acabou com a sua vida. E não tenha dúvidas, ele vai fazer isso de um jeito único.

Agora, que tal sair um pouco da atmosfera dos super-heróis e embarcar em uma aventura no faroeste? Confira o nosso post e saiba o que a gente achou do filme Os 8 odiados do Tarantino!


Quem mora sozinho sabe as dores e as delícias de ter a casa só pra si! Mas se engana quem pensa que um homem não possa ter uma casa organizada, estilosa e bem decorada ou daqueles apartamentos faraônicos de mil metros quadrados.

Um apartamento de solteiro tem um mundo enorme de possibilidades para deixar a casa cheia de estilo, com a sua cara e sem perder o tom da organização!

Quer saber como? Confira os 7 truques de decoração para apartamento de solteiro que separamos. Inspire-se e coloque já as mão na massa!

1. Invista em ambientes integrados

Apartamentos de solteiro, em geral, são pequenos. Mas isso não quer dizer que não possam ser aconchegantes!

Para aumentar a área útil da casa, invista na integração dos ambientes. Além de dar a sensação de mais espaço, ambientes integrados favorecem a proximidade com as visitas  e a possibilidade de fazer mais de uma coisa ao mesmo tempo, tipo ouvir a TV enquanto cozinha. Não pode ser uma boa?

O mais comum é integrar a sala de estar, jantar e cozinha. Você pode trabalhar divisórias com móveis como racks e estantes para dar mais privacidade ao ambiente.

 

2. Aposte nos espelhos

Que os espelhos são ótimos aliados para dar a sensação que os ambientes são maiores, não é novidade para ninguém!

Mas você sabia que pode usar espelhos em outras partes da casa para dar um ar sofisticado e moderno ao ambiente? Eles podem estar nas portas do guarda-roupas, nos armários ou até mesmo na decoração da cozinha.

Outra dica interessante é trabalhar superfícies reflexivas como a laca preta e o inox.

 

3. Garanta praticidade e organização em primeiro lugar

Se tem uma coisa que o apartamento de solteiro deve ser é prático, não é mesmo? Não dá para deixar as coisas escondidas e não encontrá-las quando mais se precisa delas!

Por isso, o segredo é deixar tudo ao alcance das mãos! Estantes, potes e porta-talheres são ótimas formas de deixar o ambiente mais cheio de estilo, mantendo tudo organizado e, claro tê-las sempre por perto.

 

4. Escolha um tema único para a decoração

Decorar nem sempre (ou quase nunca?) é tarefa fácil. Para facilitar o trabalho e ter um risco menor de pecar pelo excesso nas combinações, escolha um tema único para decorar a casa. Afinal, espaços pequenos não combinam com profusão de cores e elementos.

 

5. Invista em uma boa iluminação

Um bom projeto de iluminação, assim como a escolha certa das luminárias e abajures trazem conforto e a sensação de aconchego para os ambientes.

Para deixar a casa ainda mais estilosa, já pensou em um abajur holofote? Além de iluminar (é claro!), o adorno torna a casa mais bonita e chama a atenção no ambiente.

 

6. Use as paredes à favor da sua casa

Paredes podem ser uma excelente maneira de trazer identidade para a casa, além de servir de suporte para objetos, facilitando a organização da casa. Ou seja, a bike, o skate ou a prancha de surf que poderiam ficar espalhados pela casa, podem servir de decoração quando colocados na parede.

Além disso, você ainda pode trazer gravuras, quadros e fotografias que dialoguem com o seu estilo de vida, dando mais vida e personalidade aos ambientes.

 

7. Tenha alguns enfeites e adornos

Os enfeites são responsáveis por dar vida e alegria à decoração, por isso, não os deixe de fora! Se você é fã de bebidas, você pode investir em arranjos personalizados com garrafas de whisky — quem disse que casa de homem não pode ter flor?

Se o seu hobby é cinema, que tal um pôster do seu filme preferido na parede da sala? Mas se é a literatura o seu forte, você ainda pode trazer essa paixão para a decoração da casa. Sabe aquele livro enorme e maravilhoso que você comprou na sua última viagem? Ele ficará ótimo na mesa de centro da sala!

E você, como fez a decoração para apartamento de solteiro? Tem outras dicas para facilitar a tarefa? Use os comentários e conta pra gente a sua experiência!

Se você é um fã de nossas pimentas e curte a identidade visual, comunicação e atendimento, não pode deixar de saber que tudo isso não é atoa. Nossa fábrica fica em Santa Cruz del Rio Pardo, no velho oeste paulista, onde judas perdeu as botas, mas acabou descobrindo uma vida mais picante.

Banhada pelo rio Pardo, a cidade tem como principal atração a tradicional corrida de boia, que consiste basicamente em uma disputa para ver quem desbrava cinco quilômetros do rio em menos tempo. Além das noitadas sertanejas ao som de Tonico e Tinoco, a cidade ainda conta com bons fãs de rock, e realiza todo ano o Rock Rio Pardo, evento de dois dias que traz bandas da região, fechando com nomes como Raimundos, Frejat, Titãs, Matanza e Sepultura.

Outro motivo de orgulho é ser a terra do ator Umberto Magnani, que morreu no ano passado durante as gravações da novela Velho Chico, dando origem a uma semana de teatro, que enriqueceu ainda mais a cultura da cidade. Outro dado a se considerar é que, a cada esquina, você vai encontrar um boteco, pois aqui o povo gosta de uma pinguinha e de uma cervejinha. Ah, claro, não podemos esquecer da nossa Esportiva Santa Cruzense, que ficou famosa nacionalmente quando um gândula jogou a bola pra dentro do gol e teve ele validado pela árbitra, que não viu o lance direito. Falando em futebol, uma fábrica de ração da cidade já patrocinou o Curínthia entre os anos de 2015 e 2016.

Com quase 50 mil habitantes, o velho oeste ainda tem muita tradição na agropecuária, fabricação de calçados e beneficiamento de arroz, enquanto recebe grandes empresas de outros seguimentos, o que gera um mix incrível de personalidades diferentes. Se você vier nos visitar, certamente precisa aprender a lidar e, principalmente, falar a nossa língua, confira um breve dicionário das palavras e expressões santa-cruzenses e não fique por fora:

Chiquinaite

Significado: estar chique

Aplicação em uma frase: ó, ucê tá chiquinaite pra ir no cinema, hein!

 

Jeitado

Significado: bonito, legal

Aplicação em uma frase: Esse buné ficou jeitão nucê, Pedrão.

 

Ponhar

Significado: colocar

Aplicaçao em uma frase: Eu já ponhei as rôpa no armário. Faz favor de ponhar suas coisas nu lugar tamém.

 

Cabeça de Guidão

Significado: burro

Aplicação em uma frase: Eu não falei que num era pra subir aí que ia cair, ô cabeça de guidão?

 

Paia/Reba

Significado: tosco, brega, nada a ver

Aplicação em uma frase: Essa brusa aí é paia, dá nem pra ir passear no jardim. Esse óculos seu é muito reba, rapai, sai daqui!

 

Andante

Significado: mendigo

Aplicação em uma frase: Tá cheio de andante dormindo na praça do chafariz.

 

Néla, Tuamãe e Teupai

Significado: credo, imagina isso.

Aplicação em uma frase: Vou dormir pensando na foto do negão do WhatsApp, nééééla/tuamãeee/teupaiii.

 

Capai memo

Significado: jamais

Aplicação em uma frase: Capai memo que eu vô saí num friu desse.

 

Largado

Significado: demais

Aplicação em uma frase: Aquela festa deu bão largado.

 

Passa cateto, égua lulu, xispa, sai de ré

Significado: sai fora

Aplicação em uma frase: Xispa daqui, sai de ré, égua lulu. Passa daqui, cateto!

 

Dá uma mão pra caravana

Significado: ajudar alguém

Aplicação em uma frase: fi, vai lavar a louça, vê se dá uma mão pra caravana.

 

Tuvurto

Significado: Tumulto

Aplicação em uma frase: Foi no Rock Rio Pardo? Aquilo tava um tuvurto só.

 

Foto: DJI Spark/Kurt Drone

Bravo, liberal, da poltrona ou que lê jornal, da vida podemos ter uma certeza: nenhum pai é igual. É fato que os pais mudaram muito nos últimos tempos, e muitos perfis novos surgiram, até mesmo as pães, que suprem o papel de pais que deixaram a responsa, e exigiram um papel duplo das mães de plantão ou vice-versa, com pais incríveis na criação solo dos filhos.

Tem aquele pai palhaço e outros que fazem o estilo serião, sempre a fim de dar um sermão. Outros são rabugentos, alegres ou até mesmo turistas – aparecem só uma vez por mês. Hoje em dia temos também os tatuados, os moderninhos, os hipsters, os cozinheiros da casa e, ainda, aqueles que ainda não deixam as filhas namorar.

E o seu, qual é?

Fizemos um esquema com alguns tipos de pais e quais produtos da DECABRÓN combinam com eles, saca só:

Pai Bruto  

Seu pai é praticamente um Shrek, que não pode ouvir um barulho fora de casa que já sai com a espingarda na mão e acaba espantando o ladrão (e a visita) só com a cara de mau e seu chapéu de cowboy? No fim, ele é um doce por trás da capa, e adora receber os amigos pra um churrasco bem picante. Por isso, seu arsenal DECABRÓN conta com uma grelha para hambúrguer, junto do avental caveira e um boné trucker DECABRÓ, um kit lambo, com sriracha, sriracha bacon e SweetChilli, completando com nosso novo BBQ, além de um kit gourmet pai picante, com molhos que não são pra qualquer um, como Samba do Criolo Doido e Habanero e Bacon, do Marky Ramone.

 

Pai Rústico 

Este é um pai que não dispensa os bons costumes e a tradição. Forno à lenha, com as toras de madeira cortadas no jardim, itens de colecionador e tem em casa aqueles mesmos móveis que ganhou de presente de casamento – 50 anos atrás, pois as coisas novas “não prestam” e não são feitas com o capricho de antigamente. Esse pai com certeza merece um kit 4 molhos assinados, com Samba do Criolo Doido, Chipotle e Maracujá do chef Henrique Fogaça, o Jack’n’Cola, do chef Carlos Bertolazzi e um molho Habanero e Bacon, do Marky Ramone. Além disso, um Colírio pro Zóio do Cão Véio, forte como a vida deve ser, um abridor de madeira para abrir a garrafa de vidro e, claro, um avental Gourmet Decué Ruela, porque aqui o sistema é rústico, sem frescura!

 

Pai Sistemático

Este é aquele pai cheio de manias, que separa as cuecas por cor na gaveta, te dá hora para voltar e ainda te põe de castigo se chegar um minuto atrasado. A mesada costuma ser um teste de resistência, pra você aprender o valor do dinheiro. Este tipo de pai vai querer um kit pai picante, com um Samba do Criolo Doido e o Habanero e Bacon, do Marky Ramone para salpicar algumas gotas em seu prato e deixar exposto na bancada da cozinha – milimetricamente em equilíbrio com os demais utensílios. Ele também vai querer um kit lambo, mas na caixa, pois na base de madeira seria demais para a decoração, junto de um sriracha BBQ, pois esse ninguém pode negar e, claro, um abridor de madeira para fazer uma piadinha na hora de oferecer pros amigos seu “pau” para abrir a cerveja.

 

Pai Véio

Esse acorda as 5h pra varrer a calçada e gosta de sentar na cadeira de praia para olhar o movimento na rua. Tradicional, não gosta de experimentar nada diferente e já viveu o suficiente para saber o que gosta. Aliás, ele não assiste mais o jornal Nacional desde que o Cid Moreira saiu e acha uma besteira toda essa discussão política, pois no tempo dele, político roubava, mas fazia. Para ele, oferecemos um lançamento, mas que não desagrada os chegados nos velhos hábitos: o Môio Vermeio, sem invenções, apenas pimenta vermelha e saborosa.

 

Pai Natureba

Vegano, adora praticar yoga às 6 da manhã e partir para seu pomar para cuidar dos alimentos orgânicos. Faz questão de todos na mesa para agradecer a refeição e cultivar a alegria de viver em família. Para viagens e passeios, curte um rolê natureza, com rios, cachoeiras e, claro, uma boa praia, onde pode aproveitar e vender sua arte. Este pai merece uma grelha para seus hambúrgueres de soja e nossa linha vegana de molhos, como Samba do Criolo Doido, Chipotle Tradicional, Chipotle e Goiaba e o Jack‘n Cola.

 

Pai Maromba

Este é o pai que vai com o filho treinar em dupla na academia – ou que implica com o outro que fica no sofá vendo séries com um prato de brigadeiro. Tatuado, fortão e chamado de tio enxuto, este curte uma pimenta por seu efeito termogênico, que ajuda a queimar, BIRLLL! Dá-lhe Colírio Pro Zóio do Cão Véio, na picância insana.

Sedutor, curte nosso pôster Coisas Calientes Acontecem Aqui, e põe ele bem em cima do matadouro. Vai bem com um boné edição limitada do Papai Noel Morreu, bem meninão.

 

Pai Vida Loka

Este pai gosta do baile funk, do show de rap e cola até num festival alternativo, porque o negócio dele é estar no rolê! Dança despreocupado e chega a envergonhar o filho que não sabe curtir junto do pai moderninho. Motoqueiro, curte uma aventura, com direito a escalada na cachoeira e pula de paraquedas sem pensar duas vezes. Ele precisa conhecer nossos patchs, principalmente o caveira podre, para colar em suas jaquetas, o boné Sriracha, que é vermelho, bem chamativo, e um abridor Ardeu? Então refresca!, para colar na parede e abrir a cerveja de um jeito bem diferentão. E, claro, se você for no banheiro dele, tem que encontrar uma placa ET engraçadinha.

Curtiu? Conta pra gente qual é seu tipo de pai! Quer preparar algo pra ele no Dia dos Pais? Que tal um delicioso brisket com molho barbecue?

O Chili Con Carne, ou só Chili para os mais íntimos, é um daqueles pratos que todo mundo conhece, mas pouca gente sabe fazer. Quase ninguém sabe também que, embora seja muito consumida e conhecida no México, essa maravilha picante e cheia de “sustância” foi inventada nos Estados Unidos, no Texas. Agora se você não curte comer carne, se liga nesse post com algumas receitas veganas.

O prato, oficial no estado norte-americano desde 1977, é obra de cowboys, provavelmente influenciados pela cozinha dos aventureiros ‘chicanos’ na época do Velho Oeste.

Chili con Carne é puro Tex-Mex!

Feito originalmente com carne seca (que os gringos chamam de “jerked beef”), gordura animal (banha de porco), condimentos e muita pimenta chili, o Chili con carne já era popular desde o século 19 entre os ogrões adeptos do bang-bang. . E sempre com muita pimenta!

Para um “texano da gema”, nada de feijão na receita nem moderação na hora de apimentar o prato. Um Chili pouco apimentado é tão ofensivo para um autêntico texano como cortar um espaguete na frente de um italiano.

Dos EUA para o mundo

Com o final da Guerra Civil Americana, em 1865, o prato criado no Texas se espalhou por todo o país, e novas versões da iguaria foram surgindo e se adaptando ao gosto de cada região.

Além de conquistar os Estados Unidos, o Chili con carne ficou conhecido e ganhou admiradores no mundo todo, inclusive no México. Depois desse rolê e de inúmeras adaptações, hoje é muito mais comum encontrar o Chili con carne acrescido de feijões (frijoles) e com menos pimenta do que a receita original texana.

Um chili pra chamar de seu

Agora que você já sabe de onde vem o Chili con carne, vamos ao que interessa: a receita! Anote os ingredientes, siga o passo a passo e bom apetite!

• 500 g de carne moída
• 150 g de bacon em cubos
• 400 g de feijão cozido (pouco caldo)
• 1 lata de tomate pelado (400 g)
• 1 cebola roxa picada
• 3 dentes de alho picados
• 1 pimentão vermelho e 1 amarelo picados
• 1 colher de chá de pimenta chili em pó (se quiser mais apimentado, fique à vontade)
• ½ xícara de chá de cheiro-verde
• 1 colher de chá de cominho em pó
• sal e pimenta do reino a gosto

Coloque o bacon em uma panela e deixe em fogo baixo até ele que ele fique dourado. Assim que dourar, junte as cebolas e mexa até que elas comecem a ficar transparentes. Sem aumentar o fogo, coloque os pimentões e o alho e misture. Deixe cozinhar por uns 3 minutos.

Coloque a carne, aumente um pouco o fogo e refogue tudo por, aproximadamente, uns 7 minutos. Junte o feijão, o sal, a pimenta do reino, o chili em pó e o cominho e deixe cozinhar por mais uns 5 minutos, mexendo até que o molho ganhe uma consistência mais cremosa. Coloque o cheiro-verde e finalize cozinhando tudo por mais uns 3 minutos. Pronto!

Sirva ainda quente e adicione uma polvilhada de coentro ou salsinha picada, se preferir. O seu Chili con carne também vai muito bem enrolado dentro de burritos ou como recheio de tacos.

E depois de preparar essa receita digna de um cabrón, não deixe de conferir as 5 receitas de doces com pimenta  que preparamos para você!