Você sabe qual é a pimenta mais ardida do mundo?

22 de janeiro de 2016
|

Este post foi preparado para os Cabróns de verdade. Aqueles que querem provar que são fortes, que aguentam qualquer coisa, que comem pimenta chorando, mas não admitem que ela seja forte demais. Aqui nós vamos conhecer a pimenta mais forte do mundo (aquela que queima como o fogo de mil sóis) e saber como ela recebe essa classificação, vamos lá?

A mais “tenebrosa” de todas as pimentas

E o prêmio vai para a Carolina Reaper. Produzida na Carolina do Sul, EUA, desenvolvida por Ed Currie da PuckerButt Pepper Company, esta pimenta alcançou a marca de 1.569.300 pontos na escala Scoville, que mede a pungência (nível de ardência das pimentas).

Esse título lhe foi dado pelo Guinness World Records, em 07 de agosto de 2013, quando ela tomou o lugar da outra belezinha, a Trinidad Scorpion “Butch T”, uma australiana que tem um nível de 1.463.700 SHU. Só para se ter uma noção melhor, nossa Pimenta Malagueta, possui um nível de 60.000 à 100.000 SHU.

A definição da “picância” do sabor

Sabe a sensação da sua boca pegando fogo quando você come algum prato que contém pimenta? Bom, ela é criada através de uma substância chamada Capsaicina. Quando ela entra em contato com a boca, cria esta sensação de calor extremo. E é exatamente essa intensidade que a escala Scoville mede.

O nome da escala foi dado por causa de seu criador, Wilbur Scoville, um farmacêutico que através de um estudo interessante, determinou o nível de ardência de qualquer tipo de pimenta. A medida também pode ser chamada, como vimos anteriormente, de SHU (Scoville Heat Units ou Unidades de Calor Scoville, em português).

No estudo, Scoville misturava as pimentas puras numa solução que ele preparava de água e açúcar. Quanto maior era a necessidade de misturar esta solução para poder diluir a pimenta, até que ela não ardesse mais, maior então era o nível da Capsaicina. Dessa forma, se chegou à seguinte equação:

Cada xícara de pimenta é equivalente a 1000 xícaras de água = 1 unidade de Scoville.

Está escala irá de 0 (com pimentas que não possuem Capsaicina, como o pimentão) até 15 milhões (pura Capsaicina).

As dicas para os que ainda estão começando no mundo das pimentas

Alguns desacostumados com essas iguarias, ou despreparados para a intensidade de algumas pimentas, sabem que a sensação após a ingestão, é comparada a boca como se ela estivesse pegando fogo. E isso é muito doido! Muitos dizem não ter gostado dessa experiência, se negando totalmente a repetir. Já outros Cabróns, que são mais fortes podem se arriscar de novo outra hora. De toda forma, não podemos negar que comer pimenta é somente para aqueles que curtem fortes emoções!

Aqui vai uma dica legal, beber água ou qualquer outro tipo de líquido, não adianta para aliviar aquela sensação de ardência da pimenta. Muito pelo contrário, líquidos vão aumentar a esta sensação. Para fazer passar logo a ardência na boca, o melhor é tomar leite ou óleo, ou então, comer um pedaço de pão. Então já sabe, se não aguenta, bebe leite.

Galera, pra quem gostou e quer ficar sempre por dentro das nossas novidades, curta a nossa página no Facebook. E se você também é um amante dos sabores picantes como nós, compartilhe a hashtag #chillilovers.

Fonte da imagem: bit.ly/534.ref

© COPYRIGHT | DE CABRÓN CHILLIS. Material protegido pela Lei nº 9.610 (direito autoral), é proibida a cópia ou reprodução do material, sem autorização prévia. Envie para sac@westco.com.br com pedido de autorização.